44 3225-8849
13/08/2018

Empresário também precisa de qualificação

Cinque Terre

O crescimento do empreendedorismo no Brasil se fortaleceu nos últimos anos e acabou expondo alguns problemas para um pleno desenvolvimento empresarial. Conforme pesquisa da Endeavor Brasil com o apoio da Ibope Inteligência, independentemente do perfil DO empreendedor, existe um grande déficit educacional a suprir. Os maiores problemas enfrentados pelos empreendedores brasileiros estão ligados à falta de conhecimento, principalmente, em gestão de pessoas, fluxo de caixa e administração de negócio. Para complicar a situação, muitos acreditam que o empreendedorismo é algo intrínseco às pessoas e, portanto, colocam o preparo em segundo plano.

O diretor do Instituto Você Mário Quirino afirma que a constante qualificação é essencial para o crescimento e o desenvolvimento profissional. “O mercado de trabalho está sempre mudando e inovando. É fundamental que os empresários procurem formas para impulsionarem o rendimento profissional. Existem diversas técnicas e treinamentos para desenvolverem certas características que estimulam a liderança. A Programação Neurolinguística (PNL), por exemplo, ajuda a trabalhar as habilidades e a acentuar as principais qualidades, tanto profissionais, quanto pessoais. Aprimorar o poder de liderança sempre será um grande investimento para a atuação nos negócios”, ressalta o especialista do instituto, especializado em treinamentos em desenvolvimento humano.

O investimento em capacitação, cursos e treinamentos para gestão, negócios e recursos humanos tem sido uma iniciativa de executivos que desejam cada vez mais se profissionalizarem. O diretor da Pampulha Editora Gráfica Jairo Alves Lopes Junior percebeu que, mesmo o mercado gráfico sendo mais tradicional, conservador e com demandas específicas e sólidas, a preparação para incrementar o negócio era fundamental. “Desde o início de minha gestão, senti a necessidade de conhecer melhor, não somente como o meu negócio funcionava, mas também os colaboradores. Sempre busquei cursos que me permitissem conhecer melhor as pessoas, como se relacionam e como é possível estimular o melhor deles”, destaca o empresário que comanda uma equipe com quase 60 funcionários.

Izabel Souki, diretora do escritório de Engenharia e Projetos que leva o seu nome, já percebeu que sua cobrança como empresária seria mais no intuito de conhecer novidades, tendências e lançamentos do mercado. “Meu público é profundo conhecedor de novidades em construção e acabamentos, por isso, preciso estar sempre inovando, participando de eventos, feiras e congressos internacionais para conhecer mudanças, lançamentos e avaliar a qualidade de tudo, antes mesmo de chegarem ao mercado brasileiro. É uma forma de me especializar e agregar valor ao meu serviço”, destaca Izabel.

O diretor comercial do Grupo PAD Felipe Davis, referência no segmento de comunicação visual e de mídia exterior no país, avalia que a tradição da empresa está respaldada na busca permanente pela excelência em atendimento e serviços prestados. Ele identificou que era necessário investir na qualificação, não somente da diretoria, mas de todos os setores. “Há mais de dois anos, a empresa conta com uma consultoria da Fundação Dom Cabral para desenvolver o curso PAEX (Programa de Desenvolvimento de Dirigentes).

O investimento já gerou grandes resultados, como a profissionalização empresarial, aprimoramento da gestão, crescimento profissional dos gestores, organização da corporação e implementação de ferramentas gerenciais e estratégicas eficientes. A manutenção desse padrão de qualidade estimulou uma parceria com a Consultoria em Finanças – Investor para auxiliar na estruturação e organização da área financeira da empresa. Também estudamos outras consultorias para atenderem setores diversos ainda neste ano”, revela o diretor comercial.

Sócia e diretora pedagógica do Colégio ICJ, Christina Fabel, faz parte da segunda geração dessa empresa familiar. Mesmo herdando o negócio, ela buscou qualificação formal e experiência em diversos cargos na escola antes de assumir a diretoria pedagógica na Década de 90. “A gestão da minha mãe tinha uma marca muito forte. Busquei uma graduação em Pedagogia e pós em Novas Metodologias de Ensino para poder substituí-la à altura. Priorizei a participação de diversos cursos de atualização pedagógica. Só no primeiro semestre deste ano, participei de três grandes eventos nacionais e regionais sobre Educação para acompanhar as novidades. Também participo de outros eventos e entidades do setor como o Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (Sinep-MG) e a Câmara da Educação Infantil. Atualizar-se nunca é demais para um empreendedor. Temos de buscar diversas formas para detectarmos novas oportunidades”, revela.

 

Fonte: Guia do Gráfico.com.br

Singramar
44 3225-8849
[email protected]
Av. João Paulino Vieira Filho, 672 - Zona 7 - Sala 601
CEP: 87020-015
Maringá / PR
© 2017 Singramar - Todos os direitos reservados